05/09/2008

September song(s) - 2

foto : fernanda.s.m.





setembro

agora o outono chega, nos seus plácidos
meneios pelas vinhas, um dos vizinhos passa
um cabaz de maçãs por sobre a vedação:
redondas, verdes, o seu perfume vai
dentro de quinze dias ser mais forte.

a noite cai mais cedo e apetece
guardar certos vermelhos da folhagem
e amarelos e castanhos nas ladeiras
de setembro. a rádio fala no tempo variável
que vem aí dentro de dias. talvez caia

uma chuvinha benfazeja, a pôr no ponto certo
os bagos de uva. e há poalhas morosas, mais douradas.
aproveita-se o outono no macio
enchimento dos frutos para colhê-lo a tempo.
devagar, devagar. é mais doce no outono a tua pele.

Vasco Graça Moura,
in "Poesia 2001/2005", Quetzal Editores, 2006

5 comentários:

rendadebilros disse...

Vasco Graça Moura a falr do tempo que corre com a sabida mestria de poeta... mas a foto está espectacular!
Beijos.Bom fim de semana.

map disse...

O poema do VGM e a fotografia lembram-me a minha longínqua aldeia natal, num "buraco" da Beira Alta. Até parece que lhe sinto o cheiro...
Que bom!
Obrigada

fernanda s.m. disse...

Adelaide, sabes que a foto foi feita por mim, há 2 anos, em Setembro, em ... S. Pedro do Sul ???

Beijinhos e obrigada pela visita. Bom fim de semana, com chuva e vento, parece...

fernanda s.m. disse...

Olá, Alex/Renda ! Como gostei de a ver por aqui, obrigada pelo seu comentário.

E, com a doçura de setembro,chegam também as "maleitas" da vossa vida de professora, não é ? Como a "rentrée" de hoje é diferente da do meu tempo, infelizmente para vós ! Naquele tempo, sentíamos ainda o encanto e a magia de ser professor ...
Beijos.

map disse...

Parece que o cheiro não engana.
Curioso!
Beijos