16/02/2009

A Quimera

*


La Quimera

Como as crianças caminhava para Oriente,
acreditando que podia tocar o sol com as mãos;
como as crianças ia pela terra redonda
perseguindo o horizonte e a quimera solar.

Estava a igual distância do oriente de oiro
por mais que caminhasse e voltasse a caminhar
então fiz como as crianças: sentindo a marcha inútil
colhi flores do chão e comecei a brincar.



Alfonsina Storni, in Poesia do Mundo


Fotos e composição - fernanda s.m.





5 comentários:

Adriana disse...

que composição linda! Os slides estão maravilhosos.

vaandando disse...

Belo o poema de Alfonsina Storni, e belíssimas também as imagens que se vão compondo e recompondo num magnetismo vibrante, colorido, e já tão primaveris , ainda bem...
um grande abraço
__________ JrMarto

Amélia disse...

Muito bonito o todo!Estás uma excelente artista.Como poderia eu obter só a m+usica, que o poema já gravei?

fernanda s.m. disse...

Olá Adriana, ainda bem que gostou. Gosto muito de ler as suas composições no seu blog e já o linkei aqui.
Um abraço.
O blogue da Adriana é este : http://anndixson.blogspot.com/

fernanda s.m. disse...

José e Amélia, um abraço pela visita e palavras amigas.
Amélia, vou enviar-te a música por mail, está bem ?