24/09/2008

September song(s) - 20

*






CANTO DE OUTONO


Canto o meu amor por ti
quando no céu aparece
a estrela rara da manhã
e tudo o mais desaparece

Canto o meu amor por ti

tão quente ainda o sono
tanto mais de mim por ti
luz e inquieta no outono

Canto a manhã nos olhos
o sabor a fruta madura
canto o que o sol aquece
e insolente são perdura

Canto alegrias fugazes
no céu de nuvens da manhã
canto o que em mim desperta
o simples brilho da romã


José Ribeiro Marto / in http://margensdapoesia.blogspot.com/

foto: fernanda s.m.



3 comentários:

vaandando disse...

Fui »bem roubado», pois venho encontrar o meu canto em tão belo espaço... com bela epígrafe, a mesma belíssima fotografia, a música , a música e o som da àgua, e eu ainda num tempo real que me traz a nostalgia do Verão...
Provavelmente mais do que dois.
Vou passar mais vezes...
Bem haja e passe, se tiver tempo lá por casa....
Vaandando.blogspot
Abraço amigo_________________ José Ribeiro Marto

fernanda s.m. disse...

Irei, sim, visitar com mais vagar o seu "vaandando" e será aqui "linkado".

Bom fim de semana, abraço.

Anónimo disse...

Como sempre mt bom.

Imf