20/02/2009

«conversei de mansinho...»

*


Photobucket

Sementes do Espaço - desenho de Augusto Mota (1960), 31x49 cm.Café e tinta-da-china

*
Conversei de mansinho
com o firmamento
apliquei-me em não pedir
nada pedir

mas a imensa e veloz
força do Tempo
me impeliu para o Ir
para o Ir.

Intervala-se agora nesta magia
uma pausa de lutas e sinais.

Fico no cais da voz
(não no da vida)
e o Voltar vem
com outro Voltar.

um dia


MARIA TOSCANO, in «A Utopia da coragem»,
"Palimage Editores", Viseu, 1999, p. 34.

7 comentários:

gabriela rocha martins disse...

duas escolhas mais do que perfeitas

numa comunhão ideal



.
um beijo

vaandando disse...

Que belo poema da maria Toscano , e que bem que fica aqui...
e eu fico com esta música de excepção!
Abraço

__________ JRMARTO

Maria Toscano disse...

bem... (engulo em seco)... Fernanda... que dizer? estou... espantaaaaaada e... comovida. sim.
.
Já viu como o Augusto Mota é? "toca" nos textos e eles viram poemas!
.
nã sei como é que êle consegue tal coisa...
.
a menos que seja A-R-T-E! e da Grande e Serena que nos ilumina quando menos esperamos.
.
:-)

MUITO MUITO MUITO OBRIGADA! a Si, a Ele e à Vida!
Bem haja!.
beijinho grato, mt

Adriana disse...

voltar um dia...volto sempre aqui pela boa poesia...

Anónimo disse...

Abraço e parabéns para os dois, à Maria pelas palavras de mansinho, ao Augusto pelo trabalho tão belo que aqui apresenta.

Graça Magalhaes

Adriana disse...

voltar um dia no intervalo do tempo, entre o firmamento e tu.A poesia se faz assim.

Maria Toscano disse...

muito obrigada, de novo! Bem-Hajam! ;)