21/03/2009

A Primavera, a « frol», e a Poesia

*

Photobucket




Proençaes soen mui ben trobar
e dizen eles que é con amor;
mais os que troban no tempo da frol
e non en outro, sei eu ben que non
an tan gran coita no seu coraçon
qual m'eu por mha senhor vejo levar.
Pero que troban e saben loar
sas senhores o mais e o melhor
que eles poden, soõ sabedor
que os que troban quand'a frol sazon
á, e non ante, se Deus mi perdon,
non an tal coita qual eu ei sen par.
Ca os que troban e que s'alegrar
van eno tempo que ten a color
a frol consigu', e, tanto que se for
aquel tempo, logu'en trobar razon
non an, non viven [en] qual perdiçon
oj'eu vivo, que pois m'á-de matar.



El-Rei D. Dinis, CV 127, CBN 489

*

Photobucket



Primavera

As heras de outras eras água pedra
E passa devagar memória antiga
Com brisa madressilva e primavera
E o desejo da jovem noite nua
Música passando pelas veias
E a sombra da folhagem nas paredes
Descalço o passo sobre os musgos verdes
E a noite transparente e distraída
Com seu sabor de rosa densa e breve
Onde me lembro amor de ter morrido
- Sangue feroz do tempo possuído

Sophia de Mello Breyner Andresen

*


Photobucket


Estes dias de primavera deixaram-me irrequieto.
Encheram-me de ansiedade por algo que me é desconhecido.
Queria poder andar pelos campos e crescer com as flores ...


Kahlil Gibran

*

Photobucket


Olhos postos na terra, tu virás
no ritmo da própria primavera,
e como as flores e os animais
abrirás as mãos de quem te espera
.

Eugénio de Andrade

*

Photobucket

ANUNCIAÇÃO

Surdo murmúrio do rio,
a deslizar, pausado, na planura.
Mensageiro moroso
dum recado comprido,
di-lo sem pressa ao alarmado ouvido
dos salgueirais:
a neve derreteu
nos píncaros da serra;
o gado berra
dentro dos currais,
a lembrar aos zagais
o fim do cativeiro;
anda no ar um perfumado cheiro
a terra revolvida;
o vento emudeceu;
o sol desceu;
a primavera vai chegar, florida.


Miguel Torga

*

Photobucket


Canção da Primavera


(Para Érico Veríssimo)


Primavera cruza o rio
Cruza o sonho que tu sonhas.
Na cidade adormecida
Primavera vem chegando.

Catavento enloqueceu,
Ficou girando, girando.
Em torno do catavento
Dancemos todos em bando.

Dancemos todos, dancemos,
Amadas, Mortos, Amigos,
Dancemos todos até

Não mais saber-se o motivo…
Até que as paineiras tenham
Por sobre os muros florido!

Mário Quintana

*

Photobucket


Dia de primavera —
Os pardais no jardim
Tomam banho de areia.

Onitsura


*
Já é primavera —
Uma colina sem nome
Sob a névoa da manhã.

Bashô


*
Mar de primavera —
O dia todo,
Ondula, ondula ...

Buson

*
Ah, o rouxinol!
De novo ele tenta
E tenta de novo.

Chiyo-jo

8 comentários:

rosa maria disse...

Mas que bela celebração da chegada da Primavera...
Poesia e fotos lindas.
Uma primavera bem florida para si ,amiga Fernanda.
Rosa

eli disse...

de manhã, bem cedo, olhei-vi
de mansinho, parti, música n'alma

volto, agora, egoísta.
busco alento para uma dominical tarde de apreciação de trabalhos-notas- ponderações-hesitações-questionamentos-inseguranças-...

obrigada, Fernanda

gabriela rocha martins disse...

uma selecção perfeita
uma coloração mais que perfeita

o casamento ideal
( partindo do pressuposto que "ideal" é um conceito )
:))))


.
um beijo ,pintado de verde

vaandando disse...

... luxuriante , e com tanto para ler, desde o bravíssimo D.Dinis com a sua crìtica aos falsos trovadores que escolhiam aparentemente a Primavera para trovar, e não todas as estações, até a Sophia ou passando por ela .. Aqui estou para ficar , não passo e vou andando...
Abraço para si Fernanda!

_________ JRMARTO

Ana Maria Ramos disse...

Fernanda querida
Sua página está de um bom gosto incrível. Linda demais.
Nossa primavera ainda está longe, mas a senti muito perto com as flores e palavras que escolheste.
Parabens. Muito muito bem feito

Abraço

Ana Maria Ramos

fernanda s.m. disse...

O que é verdade é que a primavera vai despertando, com alguma astenia à mistura, os nossos sentires de alma letárgica, hibernante...
Como diz a Marai Gabriela, há os verdes, os azuis, mas o amarelo e os odores de acácias dealbatas e frésias... exprimem a vontade de agarrar a vida. E o aroma da flor da laranjeira que já entra pelas janelas abertas ...
Beijos para vós, Amigos.

gabriela rocha martins disse...

passei
reli
e
deixo



.
um beijo

Adriana disse...

que belo inicio de primavera nos deste..