21/08/2009

«In Memoriam»

*

" Quando eu morrer voltarei para buscar os instantes que não vivi junto do mar"

Sophia de Mello Breyner Andresen
*
[ Arribas que vão da Maria Luísa até aos Olhos d'Água ]

*

E, neste Agosto, daqui se desprenderam as


Terras que se foram sepultar com os Homens e com o Mar .


fernanda s.m.



[ fotos da arriba que se desmoronou hoje, colhidas na praia Maria Luísa, em 2008,
do local onde veio ceifar as vidas que ainda não tinham vivido. ]


*











3 comentários:

Aaoiue disse...

Voy conociendo las poesías de Sophia de Mello a través de Estrela da madrugada y de Novelos de Silêncio, como si fueráis unas mediadoras olímpicas...
Preciosas imágenes.

maré disse...

Obrigada pela generosidade das palavras fernanda. Temos em comum pelo menos duas paixões: As palavras e o Zeca, que nasceu nos braços da "minha cidade".

Se mais não houvesse, isto já é tanto!

Obrigada!

um beijo

maré disse...

e a praia, de olhos azuis e coração das gentes, tem o meu nome, triste...